Um estudo nacional levado a cabo pela Faculdade de Medicina e pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, desenvolvido em colaboração com o Hospital de São João, concluiu que a atividade física regular e moderada tem benefícios para as crianças diagnosticadas com alergias e/ou com asma.